Existe amor em ÉssePê (São Paulo – a cidade que não pára! – 14,15,16 Março 2014)

Após diversas idas a SP a trabalho, decidi fazer algo diferente e conhecer a cidade com um olhar um pouco mais turística, ignorar os problemas urbanos e a famosa música do Criolo em que diz “…não existe amor em SP” (http://www.youtube.com/watch?v=f35HluEYpDs).

Sendo assim, adquiri um voucher aéreo pra passar o final de semana (14,15,16 março 2014) e resolvi contrariar todos meus pré-conceitos de uma cidade tão importante para a economia do Brasil.

Já que fui eu te conto…existe amor em éssepê!

images

Comigo estava o Andre, um amigo de Curitiba que também há muitas historias de viagens para contar em seu blog (http://kotarosan.blogspot.com.br/) ou http://www.mochilandonamaionese.com/

Eu e Andre – Aeroporto Afonso Pena – CWB

Eu e Andre – Aeroporto Afonso Pena – CWB

Conversei com alguns amigos e o roteiro ficou por conta deles, que me deixaram aflita e curiosa, uma vez que somente soube quando estava lá.

O couchsurfing  foi no apê do Jackson e da Lau em Guarulhos, juntamente com suas filhas Lina e Luna, umas cachorrinhas da raça Shitzu super carinhosas.

Na sexta para já entrar no ritmo fui convidada para o aniversario de uma amiga (Juliana Santiago), do qual iria comemora no The Clock Rock (http://www.theclock.com.br/) , um bar anos 50/60 muito divertido.

Não é obrigado, mas a maioria das pessoas vão a caráter, minha sugestão é aprender alguns passinhos, mas saiba que há dançarinos na casa que interajam com todos evitando que alguém fique parado, foi super divertido, dancei ate dizer chega!

Feliz aniversario Ju!!

Cecilia, Flor, Lau, Elen, Juliana, Nathalia The Clock Rock

Cecilia, Flor, Lau, Elen, Juliana, Nathalia
The Clock Rock

Somente saímos do bar quando o mesmo estava fechando, ou seja, algo por volta das 4h.

Conforme disse, apenas soube do roteiro aos poucos, mas para encurtar, vide abaixo o mapa por onde andei.

Mapa Centro de Sp

Mapa Centro de Sp

Por volta das 10h nos encontramos com o Ataíde no Mercado Municipal de São Paulo

End.: Rua da Cantareira, 306 – Parque Dom Pedro II – Centro – São Paulo (próximo à estação São Bento do metrô).

Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 6h às 18h. Domingos e feriados, das 6h às 16h.
Tel.: (11) 3326-6664.     www.oportaldomercadao.com.br

1º Parada Mercado Municipal de Sp

1º Parada
Mercado Municipal de Sp

Carinhosamente chamado de “Mercadão”, fica entre a rua 25 de Março e o Metro de São Bento, foi construído em 1928 com o estilo neoclássico com mais de 20mil m², demorou cerca de 4 anos para ser concluído, e há diversos vitrais para dar um charme pelos corredores que possui aproximadamente 270 bancas de diversos segmentos.

O mesmo é constituído por souvernirs, frutas, lanches e demais produtos.

Falando nisso, ir a São Paulo, sobretudo no mercado e não conhecer o famoso sanduiche de mortadela Ceratti, literalmente não possui o mesmo gosto.

Sanduiche de Mortadela Ceratti Mercado Municipal de Sp

Sanduiche de Mortadela Ceratti
Mercado Municipal de Sp

Os vitrais do Mercado Municipal são feitos de vidro colorido alemão somando ao todo 32 painéis, subdivididos em 72 vitrais.
As imagens representam o cultivo e a colheita, a tração animal para o arado, a criação de gado etc.

Eu e Ataide Mercado Municipal de Sp

Eu e Ataide
Mercado Municipal de Sp

Na verdade, as obras do mercado foram concluídas em 1932, mas ele só foi inaugurado em 1933, Isso por que, durante o período da Revolução Constitucionalista, o Mercadão foi usado para estocar armas e munições. Consta que alguns soldados treinavam a pontaria mirando as cabeças das imagens dos vitrais.

Esquerda para Direita: Lau, Jackson, Nathalia Ataide, Dani, Andre, Ruan Mercado Municipal de Sp

Esquerda para Direita: Lau, Jackson, Nathalia Ataide, Dani, Andre, Ruan
Mercado Municipal de Sp

Próximo dali, passamos pela Rua 25 de Março, famoso pelo seu centro comercial, É possível  encontrar diversos produtos nessa rua, desde bijuterias, materiais eletrônicos, decoração, papelaria, enfim…muita coisa!

Horário da Rua 25 de Março: As lojas funcionam das 8h às 18h, de segunda a sexta, e, das 8h às 12h, aos sábados.

http://www.guiada25.com.br/              http://www.portalda25.com.br/

Rua 25 de Março – Sp

Rua 25 de Março – Sp

Proximo destino foi o Mosteiro de São Bento

Largo de São Bento, s/no. – Centro – São Paulo – SP     http://www.mosteiro.org.br/

Esta construção foi erguida entre 1910 a 1922, bastante típica no século 17 e foi inspirada na tradição germânica, projetada pelo arquiteto Richard Bernd. O relógio é de fabricação alemã e considerada uma preciosidade mecânica, sendo instalado em 1921. A basílica sempre está aberta e é possível encontrar os monges ao redor da mesma. O mosteiro possui diversas tradições e historias, do quais é possível visitar a lojinha em seu interior e degustar de pães.

Mosteiro de São Bento – Sp

Mosteiro de São Bento – Sp

Prosseguindo com a caminhada, no Largo de São Bento é possível ver o transito em sua ponte do Viaduto Sta Ifigênia.

Há uma tradição sobre o “Cadeado do Amor”, que ficou famosa no filme Ho Voglia di te (Eu Quero Você), que mostra os dois protagonistas jurando amor eterno. Eles colocam um cadeado na ponte e jogam a chave no Rio Tibre.

Recentemente aqui no Brasil, com a novela Amor a Vida, os protagonistas Michel (Caio Castro) e Patricia (Maria Casavedall) fizeram o mesmo nesta ponte, porem o governo proibiu essa pratica e tirou todos os cadeados que ali foram inseridos.

Viaduto Sta Ifigenia – Sp

Viaduto Sta Ifigenia – Sp

Caminhando um pouco mais, chegamos na Praça Antonio Prado, local que eu até já tenho uma certa intimidade, devido a diversos prédios bancários e de setores administrativos, ali, é possível visualizar o Banespa (Banco do Estado de São Paulo), Bovespa (Bolsa de Valores de São Paulo) e diversos outros prédios históricos

Banespa – Sp

Banespa – Sp

Nesta mesma praça remete muito ao passado, onde reuniam intelectuais da época para discutir sobre assuntos políticos e sociais da cidade de São Paulo, ainda mantem aquele clima “antigo” e prazeroso.
Conta-se com cabines de telefone, cafés…

012

Um pouco mais adiante nos deparamos com o Pateo do Collegio
End.: Praça Pateo do Collegio, 2 – Centro – São Paulo (próximo ao metrô Sé)

Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 9h às 16h30. Preço: Museu Anchieta – R$ 6 (inteira), R$ 3 para estudantes, R$ 2 para alunos de escola pública. Gratuito para crianças de até sete anos, pessoas maiores de 60 anos e deficientes físicos.
Tel.: (11) 3105-6898      Site: www.pateocollegio.com.br

Local onde marca o “nascimento” de São Paulo, foi escolhida para iniciar a catequização dos índios – estes nativos na região.

Na época, localizado no alto de uma colina e cercado dos rios Tamanduateí e Anhangabaú, o lugar, chamado de Vila São Paulo de Piratininga, era uma opção estratégica de segurança.

A cerimônia oficial da fundação da cidade ocorreu no dia 25 de janeiro de 1554. Esta é também a data da conversão do apóstolo Paulo, o que originou o nome da capital. Em dezembro de 1556, a casa foi ampliada para abrigar o colégio dos jesuítas. Com a expulsão dos religiosos determinada em 1759 pelo Marquês de Pombal, o Pateo do Collegio se tornou o Palácio dos Governadores entre os anos de 1765 e 1908. Nessa época grande parte do acervo da igreja se perdeu devido a um desmoronamento.

013

Hoje o complexo abriga atividades culturais. O museu, composto por sete salas, expõe coleções de arte sacra, uma pinacoteca, objetos indígenas, uma maquete de São Paulo no século XVI, a pia batismal e antigos pertences de Anchieta, entre outras coisas.

Pateo do Collegio

Pateo do Collegio

Continuando nossa caminhada, chegamos na Praça da Sé, onde abriga a Catedral Metropolitana de São Paulo, popularmente chamada de Catedral da Sé. É um dos cinco maiores templos neogóticos do mundo. A catedral é o templo principal da paróquia de Nossa Senhora Assunção e São Paulo, criada em 10 de agosto de 1591.

Catedral da Sé – Sp

Catedral da Sé – Sp

Próximo destino é a Galeria do Rock
End.: Rua 24 de Maio, 62 – Centro – São Paulo (Metrô República).
Horário de funcionamento: de segunda a sexta, das 9h às 20h. Sábado, das 9h às 17h. Grátis. www.galeriadorock.com.br

Um ilustre prédio no centro da cidade de São Paulo, na rua 24 de maio, está o Centro Comercial Grandes Galerias, ou carinhosamente chamado “Galeria do Rock”.

Hospedam-se diversas lojas voltadas à musica, mas não restringe apenas a Rock, é possível ver Rap, Reggae, Punk, Hip Hop…

Local de muita cultura e forte energia, com o famoso “tudo junto e misturado”, la é possível encontrar aquele clássico CD que é difícil achar camisetas de bandas de rock, coleções de antigos vinis, roupas para frequentar shows ou aquele acessório que faltava para completar o visual alternativo.

Galeria do Rock

Galeria do Rock

Há uma média de circulação de 5mil pessoas/dias e não é estranho falar que a democracia e o respeito pairam naquele lugar, onde todo mundo convive harmoniosamente e seu devido espaço.

Foi ali que respirei o “ar paulistano” e pude comprovar que “…existe amor e essepê”, falando nisso meu amigo Ataide me deu um belo presente, o DVD do Criolo e Emicida Ao Vivo (http://www.dvdcrioloemicida.com/)

Era preciso então registrar um pouco mais essa minha ida a SP aproveitei o propicio ambiente, selecionei um studio de tattoo e fiz uma tatuagem no pulso, no qual mais tarde irei descrever com maiores detalhes sobre ela.

Glaucio Tatoo
https://www.facebook.com/GlaucioTattoo
http://www.glauciotattoo.com.br/

Tattoo Galeria do Rock – Sp

Tattoo Galeria do Rock – Sp

Continuamos a andar pela cidade e nos deparamos com o Teatro Municipal de Sp

Praça Ramos de Azevedo, Centro, São Paulo – SP           http://www.theatromunicipal.com.br/

O Teatro Municipal de São Paulo é um dos mais importantes teatros de cidade e um dos cartões postais da capital paulista, tanto por seu estilo arquitetônico semelhante ao dos mais importantes teatros do mundo, e claramente inspirado na Ópera de Paris, como pela sua importância histórica, por ter sido o palco da Semana de Arte Moderna de 1922, o marco inicial do Modernismo no Brasil.

O teatro foi construído para atender o desejo da elite paulista da época, que queria que a cidade estivesse à altura dos grande centros culturais da época, assim como promover a ópera e o concerto. Abriga atualmente a Orquestra Sinfônica Municipal de São Paulo, Orquestra Experimental de Repertório, Coral Lírico, o Coral Paulistano e o Ballet da cidade de São Paulo. O edifício faz parte do Patrimônio Histórico do estado desde 1981, quando foi tombado pelo Condephaat.

Teatro Municipal de SP

Teatro Municipal de SP

O dia ja estava acabando, quando decidimos ir embora, nos deparamos com a Estação do Anhangabaú e seguimos para a casa e se preparar para o tão agitado sabado a noite paulistana.

Metro - Anhangabaú Sp

Metro – Anhangabaú Sp

Sao Paulo é reconhecida por uma cidade que nao para (nao foi a toa que a coloquei como titulo desse relato), poratnto conhecer sua vida noturna faz parte de um roteiro turistico.

Desta vez conheci a famosa Vila Madalena , ou Vila Madá para os intimos. Atentei-me ao detalhe que pra inicio de conversa as ruas tem nomes pra la de criativos, dos quais destaco: Aspicuelta (era um padre espanhol, do século 16), Girassol (a flor) e Purpurina (o enfeite). Aqui possui diversos bares que agradam todos os gostos e bolsos.

A pedida dessa vez foi a Mercearia Sao Pedro.

Rua Rodesia, 34 – Vila Madalena, SP     Telefone:(11) 3815-7200 https://pt-br.facebook.com/saopedromercearia

Assim como demais bares, este também tem presença de pessoas intelectuais, jornalistas, políticos, atores são comuns frequentarem esse lugar. Em geral todos querem se divertir e ver os amigos com uma cerveja gelada.

Neste lugar, fizemos o primeiro encontro da “Galera de Sp” e daqueles que vão a “Paraty no feriado de Abril”, reunimos uma media de 20/30 pessoas, mas aqui está apenas alguns deles.

Mercearia São Pedro / Vila Madalena - SP

Mercearia São Pedro / Vila Madalena – SP

O bar estava numa vibe muito boa, mas tristemente estava chegando ao fim, era 1h quando vimos os garçons abaixarem as portas e nos olharem com cara estranha. Essa era a hora de ir embora.

Não nos contentamos e partimos para outro bar… o escolhido dessa vez era o Seu Domingos que também fica na Vila Madá

Rua Fidalga, 289 Telefone: (11) 3819-4047
https://www.facebook.com/pages/Seu-Domingos/186875084688655?rf=330783900290986

Seu Domingos / Vila Madalena - SP

Seu Domingos / Vila Madalena – SP

Por mais uma vez o bar também já estava fechando e ao olhar no relógio ainda era quase 5h da manha, o dia já estava nascendo.

Bateu uma fome, decidimos ir para mais um lugar…o escolhido foi a Bella Paulista
Rua Haddock Lobo, 354 – Consolação, São Paulo – SP, (11) 3214-3347 http://www.bellapaulista.com/

Uma padaria aberta 24 horas, num espaço bem amplo e uma comida deliciosa. Era 5h da manha quando chegamos e para quem não é de Sp fica pasmo, mas tivemos que enfrentar fila para pegar lugar, a mesma estava muito cheia, é como digo: a cidade não para!

Bella Paulista - SP

Bella Paulista – SP

Desse ponto, acabou meu dia, fomos pra casa, após ficar 24h acordada, sim…estava bem cansada!

Já no domingo, o ultimo dia, tive um ótimo convite em almoçar na casa do Ataide, com a presença de sua família e outros amigos, foi algo bem agradável e acolhedor, não há palavras que possa descrever tamanha consideração por esse rapaz…representou muito para mim nesta viagem.

Dali fomos para o bairro Liberdade, É conhecido como o maior reduto da comunidade japonesa na cidade, a qual, por sua vez, congrega a maior colônia japonesa do mundo, fora do Japão.

Não deu tempo de desbravar todas as lojas com muitos detalhes, pois estava cansada devido a intensa rotina do dia anterior e também porque estava armando maior temporal. Mas veja algumas fotos que fiz para registrar o momento.

Liberdade - SP

Liberdade – SP

Haha e para não fugir do habito, segue a foto do Bradesco que sempre me acompanha nas viagens e responsável por estar aqui (ou ali).  Agencia 0131 Liberdade. Que fica na Praça da Liberdade 135.

Ag 0131 Liberdade

Ag 0131 Liberdade

Sei que deixei muita coisa pra tras, muita coisa para ver e conhecer, motivo este que retornarei para visitar tudo e todos em breve, ainda não tenho data de retorno, mas comprometo-me em voltar.

São Paulo teve um ar diferente dessa vez, não vi e nem fiz questão também de saber de seus problemas e defeitos de uma “cidade grande”, tive um olhar poético e confesso que muito dos meus paradigmas foram quebrados.

Há pessoas de bons corações, cada qual com seu sotaque bem forte e marcante e também há um publico marginalizado, mas que faz parte do cenário de uma desigualdade social existente no Brasil.

Contudo, levo comigo boas lembranças e diversos amigos…

Podem falar que Sp é isso, ou aquilo… mas é como dizem “quem faz o lugar são as pessoas” e aqui realmente encontrei pessoas incríveis que me mostraram algo diferente e obrigada a todos que propuseram isso.

É nois parça!

Para quem quiser visualizar em PDF, segue o link: Existe amor em ÉssePê

Anúncios

2 comentários sobre “Existe amor em ÉssePê (São Paulo – a cidade que não pára! – 14,15,16 Março 2014)

  1. Pingback: O que fazer em São Paulo? | Ná Feliz Cidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s