Intercâmbio em San Francisco – Califórnia em 3,2,1…JA!!!

Hoje é um dia diferente, acordei e vi no calendário rabiscado a palavra “Férias”, seguidamente da palavra “Intercâmbio”.
Felizmente ou Tristemente será um intercambio de curto prazo, somente 30 dias, mas que obviamente não me permitirá ser a mesma Nathalia quando retornar.

Confesso que Estados Unidos estava longe dos meus planos, aquele “sonho americano” que todos falam não me vinha com muita empolgação se comparado a outros países, mas ele contem um estado muito simpático chamado: Califórnia…Ahhhh Califórnia!! E isso muda todo o contexto.
Quem nunca se viu cantarolando aquele trecho: “… garota eu vou pra Califórnia. Viver a vida sobre as ondas. Vou ser artista de cinema. O meu destino é ser star
Pois é… mais ou menos isso que estarei vivendo nos próximos 30 dias.

nath_calif

Longe de ser uma viagem de férias apenas, a mesma será a imersão cultural no “sonho californiano”, bem como o aprimoramento do idioma na cidade de San Francisco, com direito a matricula na St Giles International | English Schools  e hospedagem em casa de família (homestay), bem verdade, irei me hospedar na casa da Alice (Por isso fiz o desenho “Alice no Pais das Maravilhas), uma senhora muito simpática que mora no bairro de Nob Hill – super bem localizado!

Os 30 dias contempla conhecer San Francisco e suas adjacências, adianto que Yosemite, Vale do Silicio, Los Angeles, Las Vegas (Nevada) estão inseridos no roteiro e prometo detalhadamente expor essa minha experiência a vocês na sequencia.

Por ora, me despeço temporariamente e agradeço imensamente a Eliana do blog Paulistana na Califórnia  (dentre outros blogs que citarei na sequencia) por suas contribuições em fazer esse “sonho” acontecer.

XoXo =D

“Um homem precisa viajar. Por sua conta, não por meio de histórias, imagens, livros ou TV. Precisa viajar por si, com seus olhos e pés, para entender o que é seu. Para um dia plantar as suas próprias árvores e dar-lhes valor. Conhecer o frio para desfrutar o calor. E o oposto. Sentir a distância e o desabrigo para estar bem sob o próprio teto. Um homem precisa viajar para lugares que não conhece para quebrar essa arrogância que nos faz ver o mundo como o imaginamos, e não simplesmente como é ou pode ser. Que nos faz professores e doutores do que não vimos, quando deveríamos ser alunos, e simplesmente ir ver.” (Amyr Klink)

Anúncios

2 comentários sobre “Intercâmbio em San Francisco – Califórnia em 3,2,1…JA!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s