Você precisa saber disso antes de ir ao Japão

Embora tenha pesquisado minha viagem ao Japão com bastante antecedência, a ficha somente caiu quando estava la, mais precisamente, quando um japonês fofo nos questionou: “De onde vocês são?” e ao responder Brasil, ele com um olhar surpreso diz “Oh meu Deus, do outro lado? Vocês vieram de longe!“.

Verdade!! Não basta enfrentar horas no voo, fazer diversas escalas e enfrentar um louco fuso horário de 12h a mais (se comparado ao Brasil), alem de tudo isso, a cultura, o idioma, tudo é diferente!
Muita coisa já havia lido ainda aqui no Brasil sobre isso, mas outros aprendi durante minha estadia, e sendo assim, resolvi fazer um copilado para que você possa viajar tranquilamente ao Japão

Já que eu fui… eu te conto!

 

Imagine a cena: é sua primeira viagem pra lá você não entende nada o idioma e arranha um inglês, tudo é novo, diferente, a adaptação pode demorar um pouco, mas relaxa pois o Japão nao é nenhum bicho-de-sete-cabeças

Primeiramente, se está a turismo: sim, voce precisa de visto!! Para mais detalhes acesse aqui> Como tirar o visto de turista japonês

Japão é um país limpo, mas estranhamente você não irá ver lixeiras pelas ruas, sim, pois os japoneses tem o hábito de levar lixo para casa e fazer a devida separação (reciclável/orgânico)

Jamais fale no telefone em transporte público , se observar os japoneses são pessoas quietas e se preocupam em não incomodar o amiguinho do lado, pois a lei do retorno é recíproca, ou seja, eles também não querem ser incomodados. Sendo assim, nem preciso falar que fones de ouvido para suas musicas são apropriados ein!

A hora da comida, é momento sagrado” já dizia minha vó, e isso no Japão não é diferente, no entanto, há gestos que merecem respeito e atenção, por exemplo : não transfira comida de um hashi (palitos) para outro, se assim desejar deixe a comida no prato da pessoa, também nao enfie os hashis no arroz. Aos japoneses, o ato de passar a comida de um hashi para outro, é similar a um ritual feito apos a cremação onde os pedaços de ossos que sobraram passam para se colocar na urna,da mesma forma que enfiar o hashi no arroz é oferenda aos mortos.

Fumódromos

 

Os japoneses fumam muito, mas ha lugares específicos mesmo que na rua, caso contrario pode gerar multa. Isso se aplica também, quando estiver andando de bicicleta: não use o celular, com guarda chuva, fumando ou embriagado, isso também pode ocasionar multas caso a polícia veja, principalmente em cidades grandes.

 

 

 

O lado direito nas escadas rolantes, é dedicado aos apressadinhos. Ou seja, deixe-a livre (especialmente no metro) aqueles que querem subir mais rápido.

Quando viajo, minha preocupação são as roupas que devo usar, observei que as japonesas usam shorts curto, mas nao usam decotes, blusinhas com alcinha fina são considerados “roupa intima”

Se deseja comprar iphone no Japão, saiba Japão proíbe desligar o som de disparo fotográfico, ou seja impossível desabilitar o som da câmera fotográfica, isso para evitar tirar fotos sem consentimento, principalmente dos chamados “tarados”. Inclusive ha uma lei do próprio país, que obriga a todos os iPhones possuírem o barulho.

Hanbaiki

 

Sede é algo que você jamais terá lá, uma vez que ha infinitas maquinas de bebidas espalhadas pela cidade, conhecidas como jidohanbaiki (自動販売機) ou apenas hanbaiki. Alem de bebidas elas oferecem praticamente de tudo, desde pão em lata e sutiãs até cigarros e crepes. Algumas pode-se pagar com moedas e outras com cartão suica (cartão de transporte). As bebidas variam de 100 a 300y, ao depositar o valor a mesma já devolve seu troco.

 

Taxi é um transporte caro no Japão, mas se optar andar, saiba que as portas do carro abrem/fecham automaticamente pelo próprio motorista – um modo bem cordial deles.

Nem todos japoneses falam inglês, apenas cumprimentos básicos como “obrigada, tchau, bom dia…“, mas isso nao foi impeditivo de estabelecer um contato ou uma relação, através de mimicas ou esforço eles fazem o máximo possível para entender e ser entendido. Em casos mais extremos, usamos Google Tradutor. Já recomendo desde já, baixar a versão “japonês” para usar de modo off line.

A moeda de lá é o iene (¥) e, na cotação é aproximadamente o seguinte : 1 iene = 0,035 reais.
Parece assustador, né? Um macete para fazer a conversão quando estiver lá é conferir o preço em iene, retirar os dois últimos algarismos e você terá um valor parecido em dólares.

Levar dolar ou yen? Levamos meio a meio, mas saiba que ha diversas casas de cambio ou maquinas (similar a bebida) que trocam moeda, super simples!
A proposito, recomendo a Câmbio Store para compra de moedas, alem de estar com a melhor cotação, ainda entregam o dinheiro no endereço que desejar, na melhor segurança e discrição.

 

Não se dá gorjeta em nenhuma situação no Japão, como por exemplo táxis, restaurantes e hotéis. Dar gorjeta a alguém é realmente um insulto, os serviços que você pediu estão cobertos pelo preço determinado.

Ao realizar pagamento, entregue o dinheiro ou cartão na bandeja a frente do caixa. Observei que ao entregar o troco, alem dos atendentes fazerem questão de contar na sua frente (demonstrando sua honestidade), também entregavam na bandeja e/ou com as duas mãos.

A tensão elétrica no Japão é 110v e as tomadas são dois pinos

Lojas Daiso  são espalhadas aos montes pelo Japão e todos os produtos custam 100y. Outras lojas como Don Quijote eTokyu Hands são boas para comprar souvernir ou coisas diferentes (que só se vê o japão),BIC CAMERA são indicadas para quem deseja comprar eletrônico. Ambas lojas são espalhadas por todo país.

 

Vaso sanitário japonês é um episodio a parte, pois tem diversos botoes, que te higienizam apos realizar suas necessidades fisiológicas, alguns tem musicas para relaxar ou te privar de possíveis sons. A maioria que fui, tinha o assento já quente e também com descarga automática ao se levantar.

 

 

Se você pensa que vai comer sushis, temakis todos os dias , esta enganado!! Essas comidas, os japoneses comem geralmente o final de semana, é comum na verdade muito macarrão e frituras. Ah e eles amam maionese!
Lojas de conveniência como 7-Eleven FamilyMart estão espalhadas por todo o Japão e são bem servidas das mais variadas comidas e bebidas.

Super recomendo comprar Saquê no Japão, por mais obvio que essa nota pareça, os preços la praticáveis, são atrativos se comparados ao Brasil, exemplo disso, foi um saquê que paguei 1700y, com muita procura encontrei na Liberdade (bairro japonês em São Paulo) por R$600. Ahhhhh e o Duty Free Dufry nao trabalha com Saquês (acredite se quiser!)

Viajar ao Japão é um separador de aguas, temos muito o que aprender com eles, não é simplesmente ir para o outro lado do mundo, é como se fosse para outro planeta, a experiencia és muito boa e muito diferente de tudo que possa imaginar. Valeu cada economia para ter esse “checkin” na minha vida.

Anúncios

Um comentário sobre “Você precisa saber disso antes de ir ao Japão

  1. Pingback: Roteiro de 15 dias para o Japão | Ná Feliz Cidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s