O pontinho preto

Cheguei em casa chateada na forma que uma colega de trabalho me abordou, meu pai observou minhas expressões enquanto eu desabafava furiosamente o ocorrido.

Por fim ele pegou um papel em branco e desenhou um pontinho preto no meio e pediu para que descrevesse oq tinha visto.

-ué pai, um ponto preto! (eu respondi)

“E os pontos brancos ao redor em sua maioria no espaço, você não viu?”

Isso me trouxe uma sabedoria, de que quando estamos poluídas pela raiva, somente observamos o lado negro daquela pessoa/situação, ignorando todas as coisas boas que foi construída anterior à isso.

Nada justifica uma grosseria e há formas mais educadas para expor um descontentamento, estar do outro lado é fogo (eu sei), mas agir da mesma forma, só tende a criar um conflito maior.

Não consigo te ensinar uma nova habilidade pela qual essa pessoa será surpreendida nos próximos 30 segundos. Não posso mudar o
seu caráter nas próximas linhas, aliás, quem me dera se esse textão possa impactar positivamente sua energia e corrigir seu relacionamento , mas, se você quiser ter um dia melhor, isso é possível: Respira, filtra as experiências, elimine oq não te agrega e pense nos pontos brancos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s