Super poder

Vivemos numa época em que importante é ser ganhador, ter superpoderes e de modo algum assumir o erro.
O ego contempla a bela maquiagem e a humildade manda lembranças.
Julgar os outros é bem mais simples que julgar a si proprio.
Nossa mea-culpa é diferido até que a morte esteja proxima e não haja mais tempo suficiente para novos erros, somente para um único acerto: pedir perdão.

É a oportunidade de ser humilde, de demonstrar nossas limitações e desculpar as dos outros.
De convidar pessoas, e não o padre, para a extrema-unção.

Anúncios