O desejo é um leão

Queremos uma casa, familia, profissão, amigos, status. São as coisas que nos ensinaram a cobiçar.
Mas o desejo tem uma vontade peculiar, é duradouro e não se esgota no realização de metas, não tem data marcada com um X no calendário para surgir, e nem sempre tem um verbo que o complementa.
Nosso desejo é oculto, e percebemos muito bem que é ele e somente ele, que nos vigoriza.
Oras, o desejo é um leão faminto, brutal, indomável.
Não admite comodismo: nos faz lutar pelo nosso sustento emocional,farejar, caçar.
O desejo nos fura, tira nosso sono, confunde o pensamento lógico.
O desejo ruge e convenhamos : nosso corpo é sua jaula.

Anúncios