Roteiro de 15 dias para o Japão

E já dizia Nando Reis: Por onde andei, enquanto você me procurava?
Eu estava no Japão!

Mas calma, foi um roteiro curto – meros 15 dias – mas vivido intensamente, como se não houvesse amanhã.
O país é pequeno, incontáveis templos (budistas e xintoístas), um mais lindo que o outro, o que torna a viagem até um pouco repetitiva.
Mas essa repetição eu faria mil vezes se pudesse, ainda assim, posso dizer que 15 dias é um tempo bacana para se conhecer ou ter uma boa base daquilo que o país tem para se apresentar.
É fato que deixei muita coisa pra trás, ficou aquele gostinho de quero-mais, no entanto, o país está la sempre de portas abertas e disposto a receber turistas, pretendo sim voltar num futuro próximo, mas o pouco que vi valeu muito a pena.

Como o tempo e o dinheiro também foi limitado, foquei mais no turístico mesmo e fiquei centralizada numa região especifica, de modo a otimizar o tempo de logística, embora o trem-bala (shinkansen) seja super eficiente e rápido.
Antes de mais nada você já leu o post :Você precisa saber disso antes de ir ao Japão?

Ahhh então ta bom!! Sendo assim vamos ao que interessa:

Continuar lendo

Anúncios

O que fazer em Nara, Japão?

Saindo de Osaka, fomos para Kyoto.
Apenas deixamos nossa mala no hotel (pois ainda nao havia dado o horário do check in) e nos deslocamos para Nara que fica 1 hora de trem (mesma distância a partir de Osaka), vale muito a pena.
Se você vai a Kyoto, não deixe de separar pelo menos um dia para visitar Nara, sinceramente foi uma das minhas cidades preferidas na (curta) estadia no país.

Nara foi a capital do Japão por um período de 74 anos a partir do ano de 710, quando a cidade cresceu e se tornou um centro Budista no país, até hoje abrigando templos importantíssimos e entre os mais antigos do Japão.
Chegando na estação de Nara há um centro turístico, ali, pode-se pegar um ônibus que te leva ate o parque por 200y mas se tiver o JR Pass também pode usufruir do mesmo.
A cidade é conhecida pelos cervos mansinhos que vivem no Parque Nara, eles literalmente vem comer na sua mão!
Conta a lenda que o deus Takemikazuchi chegou para proteger a cidade recém construída montado em um veado branco. Por isso os cervos são considerados sagrados lá, na época Nara era conhecida como Heijō-kyō e era capital do Japão na época em que a lenda surgiu.

Nara, Japão

Continuar lendo